Alvarelhos e Guidões nas autárquicas: juntamente desunidos?!

por Nuno Martins 0

Há quatro anos disse que tínhamos dois excelentes candidatos. Se tenho a certeza que o que na altura perdeu teria feito um óptimo trabalho, também é certo que o que ganhou também o fez com distinção. Foram quatro anos em que Alvarelhos e Guidões viram um número significativo de obras serem feitas, umas com mais visibilidade outras com menos, mas a face das duas freguesias, que agora são uma, teve alterações abrangentes, desde o plano estético ao funcional.

A evolução e progresso não param, por isso sempre haverá mais para fazer. Para o novo quadriénio temos de novo o actual presidente como candidato, e um outro, este proveniente de Guidões. Acontece que este novo candidato fez seu principal cavalo de batalha nos últimos anos a volta à forma inicial da sua freguesia de Guidões, ou seja a anulação da reforma administrativa de 2013, que uniu Alvarelhos e Guidões numa só. Como vai agora resolver este imbróglio de se candidatar a uma freguesia da qual metade dela não quer que faça parte da "sua" freguesia? Se ganhar como lidará com a situação? Será presidente apenas dos guidoenses? Vai deixar a sua luta, traindo assim aqueles que estavam ao seu lado por ela? Ou vai continuar a pedir a divisão duma freguesia da qual é presidente?

Estas são as perguntas que provavelmente todos os alvarelhenses e guidoenses farão. As respostas virão antes ou depois de 1 de Outubro?

Nuno Martins

Sou o Nuno, nasci no Porto em 1978 e sempre vivi em Alvarelhos. Poder dizer o que penso e não o que os outros querem que eu diga é para mim a maior conquista do 25 de Abril. Essa é a principal premissa deste espaço, por isso posso dizer também e com orgulho que a Trofa é minha!

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.