A Trofa à espera que o sol faça sombra!

por João Pedro Costa 0

      Diz-se que as crianças são o melhor do mundo, que são o futuro e que por elas fazemos tudo, palavras redundantes e de consenso entre a generalidade dos leitores, mas que, na Trofa, assume proporções de hipocrisia, já que a realidade nem sempre acerta com o discurso de “o futuro passa por aqui”!

      Dos poucos espaços públicos para os mais pequenos, está o parque infantil do recém-inaugurado Parque Nossa Senhora das Dores, um espaço idílico e ao mesmo tempo castigador, onde não há sombras, onde não se vislumbram árvores plantadas capazes de as produzir e onde a temperaturas ainda se tornam mais agrestes devido ao piso de borracha (obrigatório). As crianças, essas não se queixam, querem apenas brincar… Os seus pais estão demasiadamente atarefados com a sua vida para se indignarem, afinal o espaço não é deles, pertence à Câmara Municipal da Trofa que até faz o favor de o ceder, gratuitamente, logo, não podem, nem devem reclamar.

      Sempre poderia avançar com algumas ideias, de que poderiam ser plantadas árvores de médio porte e já em estado “adulto” para que brotassem sombras, ou até sugerir que se colocasse um tapamento ao estilo de alguns recintos desportivos que, além de tapar o excesso de sol, ainda protegeria da chuva, ou até, no imediato, sugerir a distribuição de uns bonés, protetores solares e umas garrafinhas de água para ajudar à hidratação até que a obra se fizesse, mas torna-se inglório o meu esforço – as crianças não votam.

      

 

Comentários

  1. Blandina Pereira

    Realmente não se aguenta

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.