Vale do Coronado – o que temos a aprender com as crianças?

por Márcia Pinto 0

Entre os diversos assuntos que temos a aprender com as crianças, as regras de segurança são, sem dúvida, uma matéria a explorar com elas. Sendo um tema muito presente no nosso quotidiano, podemos constatar que o simples percurso até à escola pode transformar-se numa aprendizagem enriquecedora, quer para os pais, quer para os filhos. Por outro lado, sabemos bem que nem sempre as regras de segurança são respeitadas e nem todos estamos sensibilizados para a necessidade de as cumprir.

Por isso, em 2015, e fruto do trabalho desenvolvido nos últimos 5 anos, no âmbito do programa Escola Segura, surgiu a ideia da criação de um vídeo de sensibilização para o cumprimento das regras de segurança. Foi com este propósito que se estabeleceu uma parceria entre a Secção de Programas Especiais do Destacamento da GNR em Santo Tirso e a Escola Básica de Fonteleite, nomeadamente, com o Professor Rui Moura e a Professora Cidália Ribeiro.

Assim, no início de março de 2016, foi apresentado com um enorme entusiasmo o vídeo “Um Rap pela Segurança realizado pelos alunos do Jardim de Infância e da Escola Básica de Fonteleite de São Romão do Coronado. Este Rap tem como objetivo sensibilizar as crianças e condutores para a necessidade de respeitar as regras de segurança. A publicação do vídeo nas redes sociais tornou-se de tal forma viral que logo nas primeiras semanas ultrapassou as 50 mil visualizações. No dia 16 de março, a equipa envolvida foi convidada a apresentar o projeto no programa de televisão “Grandes Manhãs” da Porto Canal, havendo lugar à exibição presencial do rap pelos alunos.

Como dizem as crianças neste rap:

“Para andares na estrada
Tens que ter muita atenção
Respeita sempre as regras
E a sinalização”.

No entanto, saber as regras de segurança não chega, é necessário respeitar o próximo para que todos se possam deslocar em segurança. Para isso é preciso mais, é preciso haver o exemplo dos pais, professores, treinadores e até dos vereadores!

O que temos então a aprender com as crianças?

Temos a aprender…

  • Que não é necessário estacionar o carro junto ao portão da escola para deixar os filhos. Isso só gera confusão e aumenta o perigo.
     
  • Que não será necessário estacionar na faixa de rodagem a viatura, enquanto se vai buscar o frango assado. Afinal existe o parque da estação, mesmo em frente à Churrasqueira.
     
  • Que não basta ligar os 4 piscas do carro para deixar o carro estacionado em contramão quando se vai à padaria. Aliás existem lugares adequados para estacionar mesmo em frente.
     
  • Que não precisa de estacionar o carro em cima do passeio junto ao pavilhão desportivo quando vai assistir à atividade da criança. Pode deixar o carro um pouco mais afastado, afinal é fim-de-semana, temos tempo.
     
  • Que não deve estacionar, mesmo que por 5 minutos, em frente à entrada de uma garagem de uma habitação, para ir buscar o jornal à papelaria. O teu tempo é precioso mas o tempo daquele morador também, respeita-o.

Ficam apenas algumas ideias para um Vale do Coronado mais amigo de quem anda na estrada: peões e condutores.

 

Márcia Pinto

Indigno-me com a desonestidade, o aproveitamento sociopolítico, a mediocridade e superficialidade com que se trata dos assuntos da comunidade em geral, em prol dos interesses pessoais. Manifesto-me quando sinto o desprezo pelos assuntos relacionados com os mais desprotegidos socialmente: crianças e idosos. Lema de vida: Se não tens a oportunidade de fazer grandes coisas, faz pequenas coisas de forma grandiosa.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.