Vale do Coronado – Trofenses de Primeira, de Segunda e Terceira

por Márcia Pinto 0

Trofenses de segunda já sabemos que assim somos considerados, agora ao que parece alguns habitantes do Vale do Coronado encontram-se na categoria de trofenses de terceira. Isto na melhor das hipóteses!

Em 2014, aquando das obras de saneamento, o executivo de então havia deixado de fora a última casa da Rua Vale Maior (São Romão), mas à força de protesto e dada a proximidade das eleições, os moradores conseguiram que a ligação fosse realizada.

Em novembro de 2015, os moradores da Rua Camilo Castelo Branco tomam conhecimento que as suas habitações não foram incluídas, uma vez mais, no projeto das obras de saneamento. O ridículo desta decisão é excluir 8 habitações que se situam numa extensão de cerca de 70 metros e que talvez sejam os que mais padecem com o tempo chuvoso e o consequente alagamento das fossas.

Mais uma vez surgem vários protestos e só com alguma insistência é que lhes é dada alguma atenção e uma incerta promessa de concretização das obras de saneamento no fim do ano 2016. Se fosse ano de eleições teriam solucionado este problema, negociavam com a Águas do Norte a ligação e anunciariam uma vitória do executivo. Como ainda falta algum tempo para a campanha, teremos de aguardar que cumpram a palavra no fim do ano. Mas qual ano?

Os romanenses não esquecem as promessas, quer sejam para 5000 habitantes, quer sejam para 25 habitantes!

Márcia Pinto

Indigno-me com a desonestidade, o aproveitamento sociopolítico, a mediocridade e superficialidade com que se trata dos assuntos da comunidade em geral, em prol dos interesses pessoais. Manifesto-me quando sinto o desprezo pelos assuntos relacionados com os mais desprotegidos socialmente: crianças e idosos. Lema de vida: Se não tens a oportunidade de fazer grandes coisas, faz pequenas coisas de forma grandiosa.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.