Mas quem é que aprova estas coisas?

por Silvéria Miranda 0

Antes de mais, deixem-me salientar que não possuo qualquer conhecimento certificado em ordenamento do território nem em obras públicas ou coisa do género. Porém, na qualidade de utilizadores, todos podemos dar o nosso palpite sobre algumas incongruências deste e de outros concelhos. E esta é das grandes…

O caso de que vos venho falar hoje não é filho único. Há vários, não só pela Trofa, como também um pouco por todo o país. Escolhi este, podia ter escolhido qualquer outro. Esta situação que fotografei na Esprela (cruzamento da Rua Dr. Aníbal da Costa Ferreira – que é a estrada que liga o CENFIM ao Hospital da Trofa – com a Rua Pinheiro Chagas – rua da Escola Primária da Esprela 2) tem umas duas ou três situações que me parecem, além de graves, bastante evidentes até para leigos.

Em primeiro lugar, esta passadeira encontra-se num local com péssima visibilidade. Reparem na imagem: o carro cinzento só se aperceberia que estava alguém na passadeira quando estivesse lá a chegar, tendo de travar de repente. Se algum veículo circulasse atrás dele, também o seu condutor só se aperceberia da passadeira, do peão e do carro cinzento lá parado em cima dos mesmos. Mesmo respeitando as distâncias de segurança, e ainda por cima estando nós a falar e um local com inclinação, a probabilidade de um dia isto vir a ser um problema é grande…

Para além disto, neste caso, o carro azul que vinha da Rua Pinheiro Chagas virou à sua direita, mas se por acaso quisesse vir à esquerda não só não estaria visível para o outro veículo, como ainda corria o risco de ficar logo parado no meio da estrada se entretanto alguém atravessasse a passadeira.

Mas ainda há mais. Se o carro cinzento quisesse virar para a Rua Pinheiro Chagas, e estando o carro azul lá parado para “meter à estrada”, dificilmente poderia virar porque a rua é estreita. Ou seja, também o carro cinzento ficaria aí parado durante alguns segundos à espera de poder virar, sujeito a levar com um outro carro em cima que entretanto estivesse a descer a rua (e que não tinha como nesse compasso de espera saber que o carro cinzento lá se encontrava).

Não sei se me fiz entender, mas certamente conhecem outras habilidades deste género. Poderia, também, ter-vos falado do cruzamento desta mesma Rua Dr. Aníbal da Costa Ferreira com a Rua Teixeira Lopes, cruzamento esse onde a visibilidade é péssima por estar em cima de uma curva e de não faltarem árvores a taparem-nos a vista, mas esse fica para outro dia…

É caso para perguntar: mas quem é que aprova estas coisas?

Silvéria Miranda

Sempre tive como velha máxima que os factos são sagrados e as opiniões livres. Foi com essa premissa que criámos este espaço e é por ela que me rejo em cada palavra que aqui escrevo. Sem qualquer interesse que não o de ajudar a construir uma Trofa melhor, mais justa e apelativa, digo orgulhosamente que sou tanto da Trofa como a Trofa é minha!

Comentários

  1. joao gomes

    boa noite. Uma coisa que esta muito mal também e na passadeira quem passa shopping china- cenfim ter um sinal e um meco um ao lado do outro no passeio que e estreito e quem quiser passar ou vai para a estrada ou passa entre as duas coisas com pouco espaço. E outra e na rua gomes teixeira-esprela rua da inapal nao ter um sinal de cedência de passagem ou stop alem de ter ma visibilidade quem vem da rua da esprela 1 eles andam com bastante força principalmente transportadoras

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.