Os compromissos do PS-Trofa nestas autárquicas

por Silvéria Miranda 0

Na impossibilidade de ter acesso a um documento mais detalhado com as medidas que o PS-Trofa promete pôr em prática se ganhar as eleições de dia 29 (se esse documento existe, ainda não tive conhecimento), e tendo em conta que já falta menos de uma semana para as mesmas, deixo-vos aqui uma espécie de carta que chegou até à minha caixa do correio (às vossas também, provavelmente) e que vos pode dizer algo sobre esta (re)candidatura.

Em nome da candidata do PS e actual Presidente da Câmara, neste documento dirigido aos cidadãos trofenses, Joana Lima começa por afirmar que não é mulher de virar a cara à luta, embora tenha vindo a ser difícil contornar a situação em que o concelho se encontra(va). Como se não bastasse o próprio panorama em que o concelho se insere, ainda há o contexto nacional desfavorável, que em muito tem prejudicado as acções do Executivo.

A folga orçamental que encontraram foi usada para a reestruturação do parque escolar, para se fazer aprovar o PDM (adiado há anos e que permite, assim, um novo ordenamento urbano da Trofa) e para se investir na mudança prometida como a construção do Parque das Azenhas ou a regeneração urbana dos Parques Lima Carneiro e Senhora das Dores.

Se voltar a merecer a confiança dos trofenses, Joana Lima, mesmo sem programa eleitoral, compromete-se a continuar a lutar por uma Trofa “ambiciosa mas economicamente realista”, estando já a negociar uma solução para os Paços do Concelho (que prometeu em 2009), por uma Trofa solidária e que assuma o seu “papel central” em termos geográficos, continuando a lutar pelo Metro e pelas variantes.

Em suma, neste documento, a candidata assume que a sua “missão” está inacabada e volta a pedir a confiança dos trofenses para terminar aquilo que considera que o concelho precisa e merece. No seu site, surgem outras propostas, como a construção do Museu de Arte Sacra em São Mamede, a promoção do percurso interpretativo do Castro de Alvarelhos e o continuar a garantir as colónias balneares intergeracionais, o passeio anual de seniores e a ginástica para todos. Prevê-se, também, a plantação de mais de 10 mil árvores e ainda se garante que “todas as freguesias e respetivos presidentes serão alvo de uma ação mais próxima do executivo municipal”.
Contudo, estes aspectos são pouco explorados na sua página e aguarda-se algo mais pormenorizado nos próximos dias.

______________________

Actualização – 23.09.2013 – 17h05
Mais detalhes sobre os compromissos do Partido Socialista da Trofa nestas autárquicas aqui.
(não sei quantos mais sites existirão)

Silvéria Miranda

Sempre tive como velha máxima que os factos são sagrados e as opiniões livres. Foi com essa premissa que criámos este espaço e é por ela que me rejo em cada palavra que aqui escrevo. Sem qualquer interesse que não o de ajudar a construir uma Trofa melhor, mais justa e apelativa, digo orgulhosamente que sou tanto da Trofa como a Trofa é minha!

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.