Vale do Coronado – um acidente geográfico

por Márcia Pinto 0

“Vale” é um acidente geográfico ou, por outras palavras, uma forma de relevo sendo tipicamente reconhecido por ser uma área de baixa altitude cercado por áreas mais altas, como as montanhas ou colinas.

No Vale do Coronado, a palavra acidente faz ainda mais sentido, não só quanto à forma de relevo, como na propensão elevada para a ocorrência de acidentes nas vias rodoviárias.

 Nos últimos anos e já sob a alçada de autarcas diferentes e mesmo depois de alguns arranjos urbanísticos, continuam a existir vias em mau estado de conservação deteriorando-se a cada dia que passa. Não é a danificação das viaturas que me preocupa, para essas com o respetivo custo, talvez ainda haja conserto ou então a solução pode sempre ser a sua substituição. Não se pode dizer o mesmo no que respeita aos danos causados nas pessoas, sejam elas os próprios condutores ou os peões.

Todos os dias enfrentamos o perigo, todos os dias elevamos o risco ao desviar-nos dos buracos que vamos conhecendo por experiência, de uma e outra vez, que passamos por determinada via. Enfrentamos o perigo quando vemos outros condutores fazerem o mesmo, pondo em risco a nossa vida quando se apresentam na nossa faixa de rodagem. Vemos os nossos filhos em perigo quando estes se deslocam para a escola. Vemos os nossos pais e avós em perigo quando vão à farmácia ou ao centro de saúde. Então a Rua do Centro de Saúde é uma vergonha! Como é possível que a Rua Vasco Santana nunca tenha sido alvo de arranjos urbanísticos em toda a sua extensão?

O Vale do Coronado deveria ser um lugar agradável, quer para os seus habitantes, quer para os seus visitantes. A ideia de Vale sugere-nos um lugar calmo, verde e com rio. Outrora, o Vale do Coronado era conhecido pelos maus cheiros, embora estes ainda existam, veem já a sua popularidade ultrapassada pelo mau estado das vias.

Um lugar onde as crianças podem viver em segurança é um lugar seguro para todos: jovens, adultos, idosos, pessoas com mobilidade reduzida, grávidas, e claro, uma vez mais, as crianças! Por um Vale que garanta a segurança e o bem-estar, por um Vale do Coronado para Todos!

Márcia Pinto

Indigno-me com a desonestidade, o aproveitamento sociopolítico, a mediocridade e superficialidade com que se trata dos assuntos da comunidade em geral, em prol dos interesses pessoais. Manifesto-me quando sinto o desprezo pelos assuntos relacionados com os mais desprotegidos socialmente: crianças e idosos. Lema de vida: Se não tens a oportunidade de fazer grandes coisas, faz pequenas coisas de forma grandiosa.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.