Hora à hora… o Metro na Trofa! Último capítulo?

por João Pedro Costa 0

O que mais irá acontecer aos trofenses…!

30 de setembro, quarta-feira, cerca das 21 horas e 40 minutos, Assembleia de Freguesia do Muro, o presidente da Junta de Freguesia Carlos Martins informou os murenses que, “dentro de dias, o protocolo de lançamento da obra do Metro até ao Muro vai ser assinado”, conforme noticiado no jornal “O Notícia da Trofa”.

1 de outubro, quinta-feira, cerca das 10 horas e 45 minutos, o primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passo Coelho, de passagem pela Trofa, afirmou perentoriamente à Trofa TV e aos trofenses, na presença de Sérgio Humberto, que não queria deixar de responder a uma pergunta local, referindo-se ao Metro: “Posso dizer que isso não está em cima da mesa” (…) “nós não temos nesta altura condições para estar a equacionar investimentos, que são investimentos muito caros, muito pesados, nesse tipo de infraestruturas” (…) “e no que respeita, nomeadamente ao transporte ferroviário é conhecida a prioridade.”

Por esclarecer se Pedro Passos Coelho desconhecia as matérias, mesmo com a relevância e envergadura do projeto “Metro à Trofa” (terra que estava a visitar), o que a meu ver, é muito grave! Ou igualmente muito grave se Pedro Passos Coelho e Sérgio Humberto conheciam (!), omitiram, e o primeiro-ministro de Portugal mentiu com tal facilidade e convicção nada abonatória para um exemplo de primeiro-ministro — Expliquem isso aos vossos filhos…

O facebook da Câmara Municipal da Trofa, no final do dia 5 de outubro, apressou-se a “informar” os trofenses que “alguma” coisa de menos honesta com o povo da Trofa se tinha passado, dando como certo que “Metro do Porto estende linha verde ao concelho da Trofa – Novo troço entre o ISMAI e a freguesia de Muro (…) ”

O Metro aproxima-se da Trofa, (avançará da Maia rumo à Trofa apenas 3 km e 250 metros), e a luta de uma década do povo do Muro e do seu líder, Carlos Martins, “O PAI DO METRO NA TROFA” parece estar a chegar à sua estação, já que os parabéns já foram dados pela autarquia da Maia e da Trofa, conforme se pode ler na mesma informação “os Município da Maia e da Trofa congratulam este Governo pela homologação do Protocolo de Cooperação”. Carlos Martins continua assim a enfrentar posturas contraditórias, ao escutar as palavras do primeiro-ministro de Portugal em sentido inverso ao que afirmou (!), que em nada abonam na confiança, na clareza e na transparência que as pessoas merecem.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.