Sobre a campanha eleitoral trofense em 2013 #1

por Silvéria Miranda 0

(Nota prévia: o texto que se segue foi escrito por alguém que viu, que esteve lá, que sabe. Não é especulação.)

 

Meus amigos,

Depois dos vários outdoors espalhados pelo concelho (mera poluição visual), onde alguns partidos até fogem às suas próprias cores, e depois de beijinhos e abracinhos em alguns festas concelhias (com direito a fotos no Facebook, quais campanhas modernas…), eis que surge algo capaz de me surpreender. E pela positiva. E na Trofa. Um evento chamado “Em forma com determinação”.

Para quem não sabe, este “Em forma com determinação” surgiu por iniciativa do Partido Socialista da Trofa e consiste na realização de actividades desportivas junto à estação de comboios da Trofa, às 21h30, às segundas, quartas e sextas (podem ver mais em pormenor na página oficial da campanha da Joana Lima/PS). Isto sim parece-me uma maneira muito melhor de fazer campanha, de promover(-se), a si e ao partido, de forma muito positiva. Primeiro, porque é uma actividade que engloba toda a gente (vi desde crianças com 5/6 anos a idosos com 60 e tais, talvez mais; havia homens e mulheres; pessoas em boa condição física e outros que nunca praticaram desporto). Depois porque, para além de ser algo que se realiza em vários dias, possibilitando assim que quem não esteja presente num dia, esteja noutro, é num horário onde já não há a desculpa do jantar, do trabalho, etc. Além disso, é gratuito e sem qualquer espécie de controlo… pode-se chegar mais tarde, ir embora mais cedo, ninguém diz nada e até há água e t-shirts à borla. E, parece-me ainda mais importante, mostra que, pelo menos aqui (o resto iremos acompanhando), Joana Lima soube rodear-se das pessoas certas (instrutores de fitness, no caso). Ela própria participa na actividade, desmanchando aquela imagem de senhora bem arranjada e sendo a “Joana do povo” que diz(em) ser.

Claro que continuo a contar com canetas, blocos de notas, réguas, panos para limpar o pó, panfletos que quase ninguém lê (mas deviam, meus amigos, mas deviam…), entre outros brindes tipo lembranças de casamento. Faz parte. É da praxe, quase. Mas isto, a meu ver, eleva a fasquia, uma vez que exige criatividade aos outros partidos. Para o povo, parece-me óptimo.

Como se isto não bastasse, Joana Lima assume aqui, meio que indirectamente, uma promessa. Se em tempos de campanha eleitoral apoia tanto o desporto, ganhando as eleições em que patamar o desporto concelhio ficará? Será que as pessoas se vão esquecer disto? Bem, eu não.

Enfim, mas e vocês? Já estão a gostar desta algazarra inicial? O que acham que vem a seguir?

Silvéria Miranda

Sempre tive como velha máxima que os factos são sagrados e as opiniões livres. Foi com essa premissa que criámos este espaço e é por ela que me rejo em cada palavra que aqui escrevo. Sem qualquer interesse que não o de ajudar a construir uma Trofa melhor, mais justa e apelativa, digo orgulhosamente que sou tanto da Trofa como a Trofa é minha!

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.