Perto da eleições, perto do coração

por João Mendes 0

As eleições são como a Primavera: por todo o lado desabrocham flores, borboletas saem dos seus casulos e o amor anda no ar. Aqui na Trofa, como em quase todas as autarquias deste país, membros da classe política saem também dos seus casulos e andam por ai a esvoaçar, graciosos!

São visitas ao interior esquecido do concelho, são actividades desportivas gratuitas, são tardes de cartadas, são comitivas imensas de beijoqueiros profissionais e promessas, muitas promessas, promessas de amor e de obras que nunca vão acontecer. Ou talvez aconteçam quando houver eleições autárquicas outra vez. Por norma é nessa altura que algumas dessas obras se concretizam mas desenganem-se: não se trata de caça ao voto, é apenas uma altura em que a predisposição para fazer acontecer aumenta.

Tal como acontece com a estação primaveril, também este período de beijos, proximidade, união e determinação chegará ao seu triste fim. Bem sabemos que ao contrário das estações do ano, cada vez mais imprevisíveis devido ao aquecimento global, a campanha das autárquicas terminará impreterivelmente no dia 27 de Setembro. O mercado deixará de ser local de passagem obrigatória para a elite política (excepto em caso de necessidade de fazer alguma comprita), os ajuntamentos de núcleos duros partidários em tudo o que é festa, exposição ou tasca serão cada vez menos, não seremos brindados com obras e estradas arranjadas com a mesma velocidade e a lavagem de roupa suja passará da praça pública para as respectivas máquinas de lavar.

Sim, eu sei que a Trofa não é excepção: em todo o território português se multiplicam os mesmos “procedimentos” e as mesmas estratégias. Mas é naquilo que se passa na Trofa que nós no E a Trofa é Minha nos propomos centrar, analisar e se possível desmontar sempre que a verdade for “atropelada” por interesses obscuros. Porque a memória de alguns pode ser curta mas a nossa, felizmente, não é. Da minha parte comprometo-me (sim, é uma promessa que espero que me seja cobrada caso não a cumpra) a estar atento e a puxar todos os “rabos escondidos com gato de fora”. É que estes 3 últimos meses têm sido férteis em folia eleitoral.

Nesse sentido, contamos com todos aqueles que pretendam deixar sugestões de temas ou situações específicas a discutir neste fórum. Para tal pedimos a utilização da caixa de mensagens do nosso Facebook, sempre devidamente identificadas. Contamos com o vosso contributo para que a transparência se sobreponha à manipulação. Por enquanto continuaremos atentos ao amor e ternura que andam no ar…

Um abraço e obrigado a todos pelo apoio registado nestas primeiras 48 horas!!!

João Mendes

Radicalmente contra todas as formas de instrumentalização dos recursos públicos em função dos apetites partidários e com um apetite insaciável pela desconstrução de mentiras e outros embustes que nos são diariamente oferecidos pelas elites dirigentes, a minha luta é por um concelho da Trofa mais transparente, mais íntegro e no sentido da evolução contínua, onde o poder cuja função é servir-nos pode e deve ser questionado. Das pessoas para as pessoas, sem medo nem clientelas.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.