Um eleitor/contribuinte satisfeito

por João Mendes 0

Um dos atributos que mais aprecio num político é a sua honestidade e capacidade de cumprir com aquilo a que se propõe durante uma campanha eleitoral. Dai decorre, por exemplo, a minha total aversão e falta de qualquer pingo de respeito pelo nosso primeiro-ministro, um homem sem carácter que fez da mentira o seu maior argumento político nas Legislativas de 2011. Depois de conseguir aquilo que queria, o poder, Passos Coelho mostrou-nos que afinal não era mais do que um José Sócrates cor-de-laranja.

Felizmente, nem todo o PSD está profundamente poluído com este tipo de escumalha sem coluna vertebral. Existe, no concelho da Trofa, um político que teima em ir cumprindo com aquilo que prometeu. O seu nome é Sérgio Humberto e, apesar do pouco tempo que leva à frente da gestão do nosso município, é já possível ver trabalho feito o que, sendo ainda precoce para uma avaliação estruturada, é um excelente indicador de que os trofenses poderão ter finalmente feito uma boa escolha. O tempo nos dirá se tal corresponde à verdade.

Alguns de vocês poderão estar a perguntar-se o porquê destes desabafos. Simples, passarei a explicar: depois de estar duas semanas ausente, decidi meter hoje um dia de férias para descansar e cuidar de alguns assuntos. Quando me levantei, perto das 09h, qual não foi o meu espanto ao ver que, do outro lado da estrada, estava a ser reactivada a iluminação pública da minha rua, algo que foi prometido pela coligação, não em campanha mas já após a vitória nas eleições, durante a cerimónia de comemoração dos 15 anos do concelho, a 19 de Novembro passado. Nessa ocasião, Sérgio Humberto referiu que tal processo poderia levar entre 3 e 4 meses. Quase 3 meses e meio depois vou voltar a ter iluminação decente na minha rua. E o melhor? O valor utilizado para o processo provêm da cortes efectuados na estrutura da autarquia que não envolveram despedimentos. Isto faz de mim um eleitor e contribuinte satisfeito, não só por ver a promessa cumprida mas também por ver prazos serem cumpridos, prática em acelerado processo de extinção. Força Sérgio! Já que os teus “companheiros” de Lisboa mais não sabem que mentir e desenvolver clientelas, que sejas tu um exemplo para eles!

João Mendes

Radicalmente contra todas as formas de instrumentalização dos recursos públicos em função dos apetites partidários e com um apetite insaciável pela desconstrução de mentiras e outros embustes que nos são diariamente oferecidos pelas elites dirigentes, a minha luta é por um concelho da Trofa mais transparente, mais íntegro e no sentido da evolução contínua, onde o poder cuja função é servir-nos pode e deve ser questionado. Das pessoas para as pessoas, sem medo nem clientelas.

Comentários

Deixar um comentário

Faça Login para comentar.